Erro Médico

Família denuncia erro médico após mulher passar por cinco cirurgias e expor fezes

Josiane Sousa Silva, de 35 anos, entrou na sala de cirurgia do Hospital Dr. João Pedrosa, no município de Capanema, no nordeste paraense, para retirar um mioma, no início de julho. Após passar por cinco cirurgias, ela agora está com um corte na barriga, por onde as fezes estão saindo.

Indignada, a família faz um apelo e denuncia erro médico. Segundo uma prima de Josiane, que pediu para ter a identidade preservada, ela foi internada no Hospital Dr. João Pedrosa. Foi aí que o drama começou.

"Ela entrou para tirar um mioma. O médico, que também é dono do hospital fez a histerectomia (remoção de parte ou da totalidade do útero, por via abdominal ou vaginal). Ela ficou dois dias internada e depois recebeu alta. Ela foi para casa e a cirurgia começou a inchar. Começaram as febres e a infecção", relembra.

A prima relata ainda, que Josiane voltou para o hospital, onde passou por uma nova cirurgia. "Ele abriu ela de novo. Depois ela não conseguiu fazer xixi. Voltou novamente para o hospital e cada vez que ele abria ela para tentar resolver o problema, ele causava um novo dano", denuncia.

De acordo com a prima, Josiane passou por cinco cirurgias. A última foi realizada no Hospital Santa Maria, em Ananindeua, após ser transferida e ter a intervenção cirúrgica paga pelo próprio médico.

"Foi o Dr. João que pagou a quinta cirurgia dela. Lá retiraram a secreção e um rim que já estava comprometido. Seis dias depois, ela recebeu alta. Eu estava fazendo os curativos dela em casa e quando foi na sexta, começamos a ver que estava saindo fezes da cirurgia", conta.

A partir daí, a família entrou em desespero. E a saga por um novo leito começou. Josiane conseguiu dar entrada no PSM da 14, em Belém, porém, segundo a prima, todos os médicos se recusam a fazer qualquer cirurgia por falta de laudos anteriores.

"Eles alegam que não tem como fazer uma nova cirurgia por não termos o laudo do médico anterior, para saber o que já foi feito. O único laudo que temos é o Hospital Santa Maria, que está incompleto.

O intestino dela foi perfurado no Hospital Dr. João Pedrosa e lá não nos deram nenhum laudo. Nos exames que nos entregaram lá, consta que está tudo certo com a saúde dela. Como estaria certo? Se não, o próprio médico não teria pago a quinta cirurgia. Descobrimos que ele deletou e cancelou todos os dados dela do sistema, ou seja, não consegue localizar nada que ela fez no hospital. Ela está com a barriga aberta, estamos correndo contra o tempo para tentar salvar a sua vida", lamenta a prima.

Segundo a família, há outras vítimas do mesmo médico, que inclusive chegaram a morrer. "Nós queremos justiça. Já sabemos que há outras vítimas dele. Vamos unir forças e lutar contra ele", concluiu.


Fonte:DiárioOnline  
Família denuncia erro médico após mulher passar por cinco cirurgias e expor fezes Reviewed by Fernando Mendes on setembro 24, 2020 Rating: 5
Todos os Direitos Reservados - Erro Médico 2021 ©

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Imagens de tema por Ollustrator. Tecnologia do Blogger.