Erro Médico

Família busca justiça pela morte da filha após erro médico

 

Jovem de 20 anos realizou uma lipoaspiração e enxerto no glúteo. Responsável pelo procedimento foi autuado por homicídio doloso


A família de Edisa de Jesus Soloni, de 20 anos, busca justiça pela morte da filha após possível erro médico. A jovem deu entrada no consultório, que fica em Belo Horizonte (MG), em 11 de setembro de 2020 para realizar uma lipoaspiração abdominal e enxerto no glúteo. Edisa morreu por complicações da cirurgia e investiu cerca de R$ 11 mil para os procedimentos.


De acordo com os familiares da vítima, um exame detectou que Edisa possuía um problema no coração, mas o médico Joshemar Fernandes Heringer garantiu que o procedimento poderia ser realizado. A prima da jovem afirmou que ela passou mal logo após acordar da cirurgia.


Segundo a polícia, o médico responsável não é especialista em cirurgia plástica e realizou uma cirurgia de grande risco fora de ambiente hospitalar, além de abandonar o local antes da alta da paciente. O acusado foi indiciado por homicídio doloso.

Fonte: SBT

Família busca justiça pela morte da filha após erro médico Reviewed by Fernando Mendes on maio 27, 2021 Rating: 5
Todos os Direitos Reservados - Erro Médico 2021 ©

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Imagens de tema por Ollustrator. Tecnologia do Blogger.